• Igrejas
    Article Count:
    1
  • INFORMAÇÃO
    Article Count:
    0
    • Negócios e Eventos

      A Região de Sintra é um local de eleição para realização de congressos, reuniões, exposições e outras actividades ligadas ao sector do Turismo de Negócios. A sua localização na àrea metropolitana de Lisboa, a proximidade do aeroporto, cerca de 30 minutos, e o conjunto deunidades de alojamento de excelênica, salas e auditórios de capacidades variadas e com modernos equipamentos, assim como serviços complementares de qualidade que o apoiarão na organização de qualquer evento.

      Sintra tem para oferecer lugares únicos, palácios de sonho, paisagens deslumbrantes , espaços impares e inigualáveis de uma paisagem Património Mundial que fazem de Sintra o principal local de charme para a realização destes eventos, para o apoio aos negócios e para o lançamento de produtos.Poderá optar por um destes magnificos espaços e tornar o seu evento inesquecível. O Turismo de Sintra aposta assim no sector do MICE (Meetings, Incentives, Congresses and Events), pretendendo promover e potenciar a associação entre o turismo de trabalho em complementaridade com o turismo desportivo, cultural e de lazer, numa oferta específica e diferenciada, que marcará a diferença.

      Article Count:
      0
    • Mobilidade
      Políticas de mobilidade não se restringem ao estabelecimento de infra-estruturas de comunicação, entendidas enquanto suporte físico do sistema de mobilidade, integram a definição dos diversos serviços que constituem uma resposta final às necessidades dos cidadãos.

      A indústria do turismo movimenta milhões de pessoas de uma região do mundo para outra. É uma indústria que torna real um sonho. É uma indústria em pleno desenvolvimento, motor económico do século XXI.
      As viagens e o turismo envolvem várias atividades comerciais, centrando-se na combinação de transportes e respetivos serviços de apoio.
      Localizado a cerca de 30km da capital de Portugal, Lisboa, Sintra é hoje o segundo maior concelho do país com mais de 370.000 habitantes e uma extensão de 317km2.
      A Vila de Sintra, o coração do concelho, tem cerca de 30.000 habitantes e nela concentra a maior parte da oferta turística.

      Article Count:
      0
  • GASTRONOMIA

    Extensa e rica, a gastronomia de Sintra faz crescer água na boca a qualquer "bom garfo".

    Dos pratos de carne, destacam-se o leitão de Negrais, a carne de porco às Mercês, o cabrito e a vitela assada. O litoral da região de Sintra é abundante em peixe fino, mariscos e moluscos. Assim, é possível comer um apetitoso robalo ou sargo, deleitar-se com um polvo, ou saborear mexilhões e percebes.

    Na doçaria, o destaque vai, inevitavelmente, para as queijadas de Sintra, doce ancestral que vem, pelo menos, da Idade Média. Mas há outros que merecem ser provados: os travesseiros, os pastéis da Pena, as nozes de Galamares, os fofos de Belas, a par de um conjunto de compotas tradicionais fabricadas segundo métodos tradicionais.

    A acompanhar qualquer refeição, é indispensável o vinho de Colares, com a famosa casta Ramisco, um dos primeiros da carta de vinhos de Portugal.

    Os sentidos apuram-se. As iguarias regalam os olhos… e o paladar.

    Article Count:
    0
  • VISITAR
    Article Count:
    0
    • Árvores Classificadas
      O Património Natural de Sintra tem sido objeto de várias referências elogiosas através dos séculos, deslumbrando muitos dos que aqui têm vivido, ou visitado, este Glorioso Éden. Assim, não é de estranhar que na literatura e obras pictóricas de artistas de várias nacionalidades o arvoredo se destaque. Nesse sentido, é de realçar que as árvores de grande porte, que enquadram o Centro Histórico de Sintra, fazem parte de um todo paisagístico, no qual se destacam e onde coexistem, entre outros elementos, taludes arborizados e ajardinados, fontes, estatuária, construções várias, vestígios de outras épocas, minas e nascentes. Como diz José Alfredo da Costa Azevedo na sua obra "Vila Velha Ronda pelo Passado", e baseando-se na planta de 1850 de José de Abreu, Capitão Engenheiro Secretário da Comissão do Tombo dos Bens da Coroa, já nessa época havia arvoredo muito denso nas quintas que aqui existiam. Muito desde arvoredo terminava numa linha curva convexa muito suave a que corresponde, mais ou menos, a atual Volta do Duche e onde havia e foram apontadas a existência de várias árvores. Muitas árvores centenárias sobreviveram até hoje às mudanças operadas pelo homem nestes locais. Em 1949, o urbanista Etienne de Groër, no seu Plano de Urbanização de Sintra recomendava que: "o Palácio Nacional de Sintra fosse protegido por faixas non-aedificandi e que esse monumento não venha a ser desguarnecido do emolduramento verde que lhe faz a vegetação". A afirmava também: "Não fazemos quaisquer grandes transformações na rede dos arruamentos de Sintra para que não sejam cortadas as árvores centenárias". Em 1995, a Unesco classificou Sintra como Paisagem Cultural da Humanidade. Esta distinção internacional aumentava, assim, assinalavelmente a responsabilidade de todos. Em 2014, a Portaria nº. 124/2014 de 24 de Junho, no capítulo II, artigo 7, alínea c) refere o valor do arvoredo quando associado a figuras relevantes da cultura portuguesa. No caso de Sintra teria como consequência uma listagem bastante grande, pelo que se destaca apenas Francisco Costa que, em 1945, na obra “A Garça e Serpente” escreve sobre as árvores gigantes da Volta do Duche e Maria Gabriela Llansol, na sua obra "Parasceve" tem como notável protagonista o plátano por ela denominado Grande Maior. Através das traduções em várias línguas , esta árvore é universalmente conhecida e na Volta do Duche está assinalada pela Câmara Municipal de Sintra. A alínea g) do artigo 7º e capítulo 2 da referida Portaria nº. 124/2014 realça “a importância determinante na valorização estética do espaço envolvente e dos seus elementos naturais e arquitetónicos” o que se enquadra na paisagem sintrense. De Sintra, fazem também parte aspetos relevantes da Estefânea, onde as árvores conferem marcos identitários, nomeadamente à Correnteza e espaços adjacentes (quintas e arruamentos). No Arrabalde e em São Pedro de Penaferrim o arvoredo pontifica nas quintas, largos, jardins e arruamentos, sendo de destacar o Largo D. Fernando II (Largo da Feira) como um sítio de referência de São Pedro. A Av. Conde de Sucena é ladeada por árvores que, desde há muito, proporcionam a quem entra em Sintra, por São Pedro, uma sensação de harmonia. As altaneiras árvores do Ramalhão acolhem o visitante anunciando um lugar onde o verde abraça o edificado, realçando-lhe o caráter. Também na Estrada de Chão de Meninos até à Estefânea, as árvores frondosas acompanham a vegetação luxuriante que caracteriza a paisagem sintrense. A proteção do património natural deve merecer o mesmo cuidado dispensado ao património edificado, pois o genius loci de Sintra desapareceria com todas as consequências adversas daí resultantes, para a economia local, do país e qualidade de vida dos seus habitantes.
      Article Count:
      0
    • Rota do Património Histórico-Cultural

      Da génese das pequenas vilas saloias do Concelho de Sintra chegaram aos nossos dias vestígios patrimoniais inestimáveis, que agora se assinalam e se disponibilizam aos munícipes através de sinalética específica.

      A Rota do Património Histórico-Cultural de várias freguesias do Concelho identifica locais que são o testemunho não só desse passado longínquo, mas também de um passado recente, que acompanhou o crescimento urbano destas freguesias.

      A primeira rota é referente ao património de Agualva-Cacém, estando previstas mais três rotas das zonas de Queluz-Belas, Rio de Mouro e Sintra.

      Article Count:
      0
  • NOTÍCIAS
    Article Count:
    7
  • INFORMATION
    Article Count:
    0
    • Tourism Offices
      Article Count:
      3
    • Romantic Figures
      Article Count:
      1
    • History
      Article Count:
      1
    • Mobility

      Mobility policies cannot be restricted to the establishing of communication infrastructures, defined as being the mobility system’s physical support and a final solution to citizens’ needs , is a part of the definition of its diverse component services.

      The tourist industry is responsible for the movements of millions of people from one part of the world to another. It turns dreams into reality and, as the 21st century’s economic driving force, is in full bloom.

      Travel and tourism involve various commercial activities, centred on the combination of transport and its respective support services.

      Located about 30km from the capital of Portugal, Lisbon, Sintra is today the second largest municipality in the country with more than 370,000 inhabitants and a 317km2 extension.

      The Village of Sintra, the heart of the municipality, has about 30,000 inhabitants and it concentrates most of the tourist offer.

      Article Count:
      0
  • GASTRONOMY

    Sintra’s gastronomy is varied and rich and will make any "foodie's" mouth water.

    Of the meat dishes, highlights include Negrais suckling pig (leitão de Negrais), Mercês pork (carne de porco às Mercês) and roasted lamb and veal. The coastline along the region of Sintra boasts an abundance of white fish, seafood and shellfish. So you can enjoy a mouth-watering black bass or sea bream, a delectable octopus or some tasty mussels and barnacles.

    As far as sweets are concerned we must inevitably highlight the ‘queijadas de Sintra’ (Sintra tartlets), an ancient sweet which dates back to, at least, the Middle Ages. But there are others that should be tasted: ‘travesseiros', ‘pastéis da Pena’, ‘nozes de Galamares’, ‘fofos de Belas’ in addition to jam produced according to traditional preparation methods.

    Colares wine is an indispensable addition to any meal, particularly the famous Ramisco variety which is one of the top wines on the Portuguese wine list.

    The senses become refined. The delicacies are a delight to behold... and to taste.

    Article Count:
    0
    • Wine Cellars
      Article Count:
      5
    • Coffee Shops and Tea Rooms
      Article Count:
      8
    • Fofos, Queijadas and Travesseiros
      Article Count:
      5
    • Gourmet
      Article Count:
      2
    • Restaurants

      Sintra’s gastronomy is varied and rich and will make any "foodie's" mouth water.

      Of the meat dishes, highlights include Negrais suckling pig (leitão de Negrais), Mercês pork (carne de porco às Mercês) and roasted lamb and veal. The coastline along the region of Sintra boasts an abundance of white fish, seafood and shellfish. So you can enjoy a mouth-watering black bass or sea bream, a delectable octopus or some tasty mussels and barnacles.

      As far as sweets are concerned we must inevitably highlight the ‘queijadas de Sintra’ (Sintra tartlets), an ancient sweet which dates back to, at least, the Middle Ages. But there are others that should be tasted: ‘travesseiros', ‘pastéis da Pena’, ‘nozes de Galamares’, ‘fofos de Belas’ in addition to jam produced according to traditional preparation methods.

      Colares wine is an indispensable addition to any meal, particularly the famous Ramisco variety which is one of the top wines on the Portuguese wine list.

      The senses become refined. The delicacies are a delight to behold... and to taste.

      Article Count:
      49
    • Colares Wine
      Article Count:
      1
  • MONUMENTS
    Article Count:
    8
  • MUSEUMS
    Article Count:
    11
  • VISITING SINTRA
    Article Count:
    2
    • Beaches
      Article Count:
      9
    • Golf

      "A magical place on the edge of Europe"", thus defined Sintra the American newspaper Chicago Tribune. A special place, unique, offering the ideal setting and perfect weather all year for golf practice. Sintra has golf courses designed by internationally renowned architects, able to satisfy the most discerning golfer.

      With an excellent range of hotels and catering, and its vast history and culture, Sintra is the perfect golf destination.

      Article Count:
      4
    • Nature
      Article Count:
      13
    • Hiking Trails

      Hiking trails are an excellent way of getting to know the natural and cultural heritage of Sintra municipality.

      Enjoy the Short Sintra Routes and the Long “Atlantic Path” Route, trails that do not require a guide, following information provided by an orientation leaflet, marks on the ground and geo information that can be downloaded.

      Characteristics of marked hiking trails in the Sintra-Cascais Natural Park:

      Article Count:
      11
  • Business and Events

    The region of Sintra is a favoured location for conferences, meetings, exhibitions and other activities relating to business tourism.

    Set within the greater Lisbon area, 30 minutes from the airport, it offers a variety of excellent accommodation, different-sized venues and auditoriums with modern equipment and additional quality services which will assist in the organisation of any event.

    Its unique places, dream-like palaces, stunning landscapes, the exceptional and unparalleled spaces of a World Heritage site, make Sintra the most charming setting for events, business meetings and product launches.

    You could choose one of these magnificent spaces for an unforgettable event.

    Sintra Tourism has concentrated on MICE (Meetings, Incentives, Congresses and Events) with the aim of promoting and facilitating the cooperation between business tourism and sport, cultural and leisure tourism. It differentiates itself through its ability to cater for a demand which is increasingly specialised and varied.

    Article Count:
    0
cms 320x191SintraInnActive Sintraturismoportugal 320x191tripadvisor 320x191 
TOP